-----///// LOJA MAÇÔNICA ÁGUIA DE HAIA Nº 214 /////-----
Página Inicial História Eventos Calendário Princípios Fale Conosco
 
Área Restrita
Placet: Senha:
     

Página Inicial

Artigos/Opiniões

Buril dos Aprendizes

Candidatos

Culinária

Galeria Ex-Veneráveis

Nosso Estandarte

Nosso Patrono

Nosso Templo

Notí­cias

Peças de Arquitetura

Pensamentos

Fale Conosco
 

 
 

História da Loja

A CRIAÇÃO DA LOJA MAÇÔNICA ÁGUIA DE HAIA Nº 214

A IDEIA

Tudo começou em meados do ano de 1986, quando inspirados em valores bem definidos, visando o fortalecimento da Instituição, onde as Normas preestabelecidas deveriam ser cumpridas a partir de suas implantações, e para que pudéssemos atingir objetivos que viria nos propiciar um melhor crescimento interior; os irmãos Mauro Cézar Moraes, Júlio César Morais e Ademir de Carvalho Ferreira, começaram a discutir a criação de uma Loja Maçônica, com objetivos bem definidos e fortes. Objetivos os quais ficaram assim estabelecidos:

- Beneficência, fundamentada em educação;

- Estruturação financeira;

- Auto-suficiência através da aquisição de um imóvel, para sede e espaço para uso comercial e cultural;

- Fortalecimento de nossas Colunas pela prática ritualística e obediência aos princípios fundamentais da Ordem;

- Fortalecimento da Instituição com a formação de Maçons dedicados e fraternos.


O NOME DA LOJA

Durante o período de estruturação pensou-se em vários títulos para a futura Loja, pensando, combinando, criando, sonhando, até que, em dado momento uma Luz do Grande Arquiteto do Universo: a figura de nosso irmão Rui Barbosa, o "Águia de Haia", não tivemos dúvida, esse era o nome!


A UNIÃO

Uniram-se a nós os irmãos Antônio de Paula Vieira, Israel Nunes da Silveira, Sebastião Batista de Faria Filho e Jorge Eustáquio Fernandes. A partir dai foram meses de trabalho para a elaboração do Estatuto, Regimento Interno, alfaias, (diga-se de passagem, confeccionadas pelas nossas cunhadas, Vânia esposa do irmão Júlio César e Alice (Duxa) esposa do irmão Mauro Cézar), Estandarte e os diversos utensílios.


A PRIMEIRA REUNIÃO

Aos dez dias do mês de abril de 1987, realizamos a primeira reunião na Rua Uberaba nº 418, bairro Barro Preto – BH com a finalidade precípua de coordenar a fundação da Loja Maçônica ”ÁGUIA DE HAIA” para trabalhar nos Graus de Aprendiz, Companheiro e Mestre Maçom do Rito Escocês Antigo e Aceito da Maçonaria para a República Federativa do Brasil; e sob a jurisdição da Grande Loja Maçônica de Minas Gerais, que foi presidida pelo irmão Israel Nunes da Silveira, na qual elegemos a primeira diretoria, assim composta:

· Venerável Mestre: Mauro Cézar Moraes;

· 1° Vigilante: Sebastião Batista de Faria Filho;

· 2° Vigilante: Júlio César Morais.


A CARTA CONSTITUTIVA

Por força do Decreto n° 869 de dez de abril de 1987, emanado da Grande Loja Maçônica de Minas Gerais foi outorgada a Carta Constitutiva n° 214 pelo Grão Mestre Ronaldo Braga.

 

Nossos agradecimentos ao hoje Grão Mestre Ad-Vitam irmão Ronaldo Braga, que nos reservou o número 214, por quase um ano, e também ao saudoso Grão Mestre Ad-Vitam irmão Arlindo dos Santos, que com a sua simplicidade nos presenteou com as bandeiras do Brasil e de Minas Gerais, que ornam os nossos trabalhos.


A INSTALAÇÃO

Ao vigésimo nono dia do mês de maio de 1987 foi realizada a Instalação de nossa Loja em sessão presidida pelo Grão Mestre Adjunto Reinaldo Bustamante no Templo da Loja Perfeito Silêncio nº 187 à Rua Desembargador Barcelos 102 no bairro Calafate onde passamos a reunir.

 

Durante um ano, sob o Malhete do nosso Venerável Mestre Mauro Cézar, as nossas Colunas foram-se fortalecendo. Iniciamos nossos irmãos Eudes Otaviano Meira, Hélio Gomes Guimarães, Jurandir Venuto Sobrinho, Gláuder Geraldo de Souza, Reginaldo Teixeira de Lima e também regularizamos o Mestre Maçom Waldemar Henrique e aprovação do Plano de Trabalho para Aprendizes, Companheiros e Mestres Maçons proposto pelo irmão Sérgio Nibaldo Rivas. No dia cinco de outubro de mil novecentos e oitenta e sete recebemos o título de Utilidade Pública Municipal através da Lei nº 4828 de 05/10/1987. No dia dez de novembro de 1987 o Deputado Ferraz Caldas encaminhou nossa documentação na Assembléia Legislativa do Estado de Minas Gerais com a finalidade de concessão do título de Utilidade Pública Estadual.


2ª DIRETORIA

No ano de 1988, aos dez dias do mês de maio da, elegemos nova diretoria. O Irmão Mauro Cézar foi reeleito para Venerável, O Irmão Júlio César Moraes 1° Vigilante e para, 2° Vigilante o Irmão Israel Nunes da Silveira.

Nestes primeiros anos de nossa existência e devido ao pequeno número de Obreiros, recebemos apoio de vários irmãos de Lojas co-irmãs. Lojas que reconhecemos de coração, a inestimável colaboração dada para a realização de nossos trabalhos, entre as várias citaremos: “Obreiros da Verdade” nº 52, “Sentinelas da Ordem” nº 113, “Paz e Progresso” nº 128, “Guido Marliére” nº 66, e todos aqueles irmãos que estiveram ao nosso lado e o nome de sua Loja não citada somos eternamente gratos.

Sentíamos grande júbilo quando da retribuição de visitas às Lojas co-irmãs, pois, um pequeno número de irmãos da Águia de Haia representava 60% a 70% do seu Quadro de Obreiros. Foram estes anos marcados por muito trabalho e dedicação.

 

Durante os três primeiros anos, executamos e participamos com diversas ações, como: Campanha de doação de córneas, bingos para arrecadação de fundos financeiros, 1º Simpósio Maçônico realizado no Instituto de Educação. Neste Simpósio, ficou evidenciado, que com harmonia e persistência e fundamentalmente união, tudo é possível. Recebemos o Título de Utilidade Pública Estadual pela Lei nº 9963 de 27/10/1989.


Iniciamos uma campanha interna de doação de livros, que com o tempo configurou o acervo que temos em nossa biblioteca.


3ª DIRETORIA

Ao décimo nono dia do mês de junho de 1990, foi empossada a nova diretoria, ficando o Malhete da Sabedoria nas mãos de nosso Irmão Júlio César Moraes, a Coluna do Norte sob a orientação do Irmão Adilson Honorato da Silva, e a Coluna do Sul orientada pelo Irmão Ademir de Carvalho Ferreira.

Este período foi de uma administração marcada por reflexões, e atividades cadenciada pela sabedoria do Venerável Mestre. Foi um biênio com o qual tomamos fôlego, respiramos, e recompomos nossas forças aplicadas nos três primeiros anos de sustentação da Loja.


4ª DIRETORIA

No mês de maio de 1992 passamos pela experiência e a demonstração de como a Águia de Haia estava forte, madura e estruturada. Ocorreram dois fatos interessantes em nossa Oficina: O primeiro, devido ao empate ocorrido na votação, entre o Irmão Adilson e o Irmão Ademir, no resultado do escrutínio realizado para empunhar o Malhete Maior da Loja. Coube ao Irmão Adilson Honorato da Silva, por ser o mais antigo na Ordem, o privilégio de assumir, com mãos firmes, a condução da Loja. O segundo fato foi a demonstração serena, de pura democracia, ao ser eleito e empossado no cargo de 2º Vigilante, o irmão Eudes Otaviano Meira, candidato de outra Chapa, que disputou com o irmão José Eustáquio Pereira o trono da Coluna do Sul. No trono da Coluna do Norte tomou assento nosso irmão Gláuder Geraldo de Souza.

Salvo melhor juízo, foi um novo e fecundo período para a Águia de Haia; novas idéias, proposições, direcionamento e posturas. Como exemplo, podemos citar a implantação do Programa de Docência Maçônica proposto pelo nosso irmão Sérgio Nibaldo Rivas e o lançamento da semente da A.H.P.E (Águia de Haia Participações e Empreendimentos) que em tempo certo e no terreno certo, será plantada, e sem dúvida nenhuma, marcará mais um ponto no desenvolvimento desta Augusta Loja.


 DIRETORIA

Em sessão Magna realizada no vigésimo dia do sexto mês do ano de 1994 foi empossado Venerável Mestre o irmão Ademir de Carvalho Ferreira, juntamente com o irmão José Eustáquio Pereira para 1° Vigilante e tendo como 2° Vigilante o irmão Nivaldo Hartung Toppa.

 

Esta administração deixou a indelével marca da consolidação definitiva do Programa de Docência Maçônica elaborado pelo irmão Sérgio Nibaldo Rivas; as reformas do Estatuto e Regimento Interno, e a reafirmação do amadurecimento e estrutura não só da Loja; bem como dos homens que ela no decorrer destes anos vem preparando, porque assim o demonstraram, com segurança e eficiência, na resolução do caso da saída da Loja da Rua Desembargador Barcelos, e na conquista de um novo espaço, em curto prazo, para a realização de nossas reuniões, mesmo antes de ser empossada a nova diretoria eleita no pleito de abril de 1996.


6ª DIRETORIA

À noite do décimo sétimo dia do sexto mês, de 1996, ficará marcada como uma data de grande triunfo e unidade de nossa Oficina, pois, no Templo Igualdade pertencente ao Grande Oriente do Estado de Minas Gerais, situado na Av. Barbacena nº 85; tomou posse nossos irmãos Nivaldo Hartung Toppa no trono de Salomão, irmão Hélio Gomes Guimarães para coordenar e orientar a tolerante Coluna dos Aprendizes, e o irmão José Santos Jimenez Ponce para preparar nossos irmãos Companheiros à conquista do grau da Maestria.

Esta administração recebeu como vimos, o forte impacto produzido pela falta de um teto para reunirmos. Porém, com toda dedicação, rapidez, presteza e eficiência conseguiu este local, simples e humilde. Local onde a Águia pôde assentar o seu provisório ninho, ainda que, com os olhos, o sentido aguçado e as garras preparadas para segurar um local definitivo, onde estarão os futuros filhotes.


Foi instituída a Festa de Queijos e Vinhos graças ao empenho e dedicação do irmão Hélio Gomes Guimarães, com apoio de todos obreiros.

Em Sessão Magna de comemoração dos 10 anos de fundação foi lançada edição do 1º volume do livro intitulado "BURIL DOS APRENDIZES". Este livro é o resultado do Programa de Docência Maçônica, com Peças de Arquitetura elaboradas pelos irmãos.


7ª DIRETORIA

Com Malhete Maior nas mãos do irmão Hélio Gomes Guimarães, a 1ª Vigilância aos cuidados do irmão Marcos Furtado de Toledo e a 2ª Vigilância com o irmão Carmélio Gontijo, e empossados em junho de 1998, a Loja passou por um período de novas idéias e direcionamento. Foi fortalecido o evento Festa de Queijos e Vinhos e a revitalizado o Bingo Beneficente.

 

Neste biênio foi vendido o terreno situado no bairro Borges e adquirido o lote na rua Ipomeia com Miosótis. Foi elaborado o projeto arquitetônico para construção do nosso Templo pelo irmão José Jimenez e a cunhada Beatriz, que após apreciação dos irmãos do quadro foi aprovado e encaminhado para regularização na PBH.


8ª DIRETORIA

Aos oito dias do mês de maio do ano 2000 da foram eleitos para administrar a Loja o irmão José Santos Jimenez Ponce para Venerável Mestre, o irmão Jurandir Venuto Sobrinho para 1º Vigilante e o irmão Márcio Silva Câmpara para 2º Vigilante.

 

A posse desta diretoria coincide com a necessidade de sairmos da Av. Barbacena nº 85. Através do empenho dos irmãos mudamos para o Templo situado à Rua Senhora Mercês nº 15, no bairro da Graça. Hoje denominado Templo Grão Mestre Ad-Vitam Onéas D’Assumpção Correa. Passamos por um período de revisão no projeto de construção do Templo. O Terreno foi limpo, murado e construído o passeio.

Aos irmãos que estão ombro a ombro com a Loja Águia de Haia nº 214, nossos parabéns e nossos agradecimentos por darem continuidade aos sublimes ideais, e que, com os passos firmes estão subindo a Escada de Jacó.


9ª DIRETORIA

Aos seis dias do mês de maio do ano 2002 da foram eleitos para administrar a Loja os irmãos Jurandir Venuto Sobrinho para Venerável Mestre, Adélzio Hempfling para 1º Vigilante e William Carvalho Sardinha Ribeiro para 2º Vigilante. A atual diretoria tomou posse no dia dezenove de junho de dois mil e dois.

Esta administração empenhou na união e na harmonia dos obreiros. Destacamos a realização do 1º Encontro Campestre realizado nos dias 14 e 15/06/03, onde traçamos e confirmamos os objetivos da Loja.

Por iniciativa do Venerável Mestre e apoiado por todos os obreiros a nossa biblioteca hoje se chama "Biblioteca Sérgio Nibaldo Rivas", homenagem prestada a este estimado irmão que tanto trabalha para o engrandecimento da Ordem.

Também tivemos a oportunidade de prestar uma homenagem ao Sereníssimo Grão Mestre Dálcio Antonio Cardoso cuja presença em nossa Loja sempre nos estimula na Arte Real.

 

Podemos também escrever que nesta administração foi realizada a venda do terreno da Rua Miosótis com Ipoméia e adquirido o imóvel da Rua Simão Tamm, no bairro Cachoeirinha. Onde esperamos que a 10ª Diretoria composta pelos irmãos Márcio Silva Câmpara, Antonio Marciano da Silva Sobrinho e Pedro Alexandre de Menezes, possam dar continuidade aos trabalhos iniciados através da sedimentação da união e harmonia da Loja.


10ª DIRETORIA

Ao décimo dia do mês de maio do ano 2004 da foram eleitos para administrar a Loja os irmãos Márcio Silva Câmpara para Venerável Mestre, Antonio Marciano da Silva Sobrinho para 1º Vigilante e Pedro Alexandre de Menezes para 2º Vigilante. A atual diretoria tomou posse no dia quatorze de junho de dois mil e quatro. Durante o mandato desta administração foram iniciadas as obras no imóvel da Rua Simão Tamm. O projeto arquitetônico foi elaborado pelo irmão José Santos Jimenez Ponce e a cunhada Beatriz, A construção foi iniciada em 14/10/2004 concluída em março de 2006. A Sagração do Templo foi realizada em 10/04/2006.

 

A construção do Templo foi fruto do empenho de vários irmãos, e também com a colaboração de várias pessoas de diversos segmentos da sociedade. Destacamos o empenho do irmão Jurandir Venuto Sobrinho pela aquisição do piso, cadeiras e outros materiais que vieram possibilitar a conclusão da obra.

No dia 17/12/2005 foi feita justa homenagem ao irmão José Bahia Gontijo por completar 50 anos de maçonaria, e no dia 10/04/2006 entregamos placa em homenagem ao nosso irmão Israel Nunes da Silveira pelos 35 anos de maçonaria, acompanhada do título de Maçom Remido emitido pela Grande Loja Maçônica de Minas Gerais.


11ª DIRETORIA

Ao décimo quinto dia do mês de maio do ano 2006 da foram eleitos para administrar a Loja os irmãos Antonio Marciano da Silva Sobrinho para Venerável Mestre, Roberto Lopes de Oliveira Filho para 1º Vigilante e Filliks Jorge para 2º Vigilante. A atual diretoria tomou posse no dia dezenove de junho de dois mil e seis.

 

A administração foi iniciada complementando as obras da mudança do padrão de água, luz e a nova rede de esgoto. Também foi colocado o toldo sobre as escadas de acesso à secretaria. Esta administração deu continuidade aos eventos já tradicionais da Loja assim como novos caminhos foram trilhados para manter a harmonia e a fraternidade entre os irmãos. Foi criado o GEMAH Grupo de Estudos Maçônicos Águia de Haia, e na comemoração dos 21 anos de fundação da Loja foi inaugurada a Galeria dos Ex-Veneráveis Mestres.


12ª DIRETORIA

A 12ª Administração foi eleita no dia 12 de maio de 2008 sendo composta pelos irmãos Roberto Lopes de Oliveira Filho como Venerável Mestre, 1º Vigilante Filiks Jorge e 2º Vigilante Sebastião Batista de Faria Filho. A posse foi realizada no dia 16 de Junho de 2008. Esta Administração objetivou maior integração das cunhadas nos eventos da Loja, o crescimento do Quadro de Obreiros com o fortalecimento da Coluna do Norte com as Iniciações dos irmãos: Fábio Enrico, Cláudio Lucio, Roberto Lopes de Oliveira Neto, Marconi Matareli Câmpara e Alysson Matareli de Castro Abreu. No Quarto de Hora de Estudo, além das Peças de Arquiteturas apresentadas pelos irmãos do Quadro, foram feitas várias palestras por irmãos convidados entre eles, Antonio da Mata da Loja Moral e Razão nº 23, Orlando Orta da Loja Dignidade e Luta nº 320, o Ilustre irmão José Airton de Carvalho e o irmão Joel Ribeiro com a Escola Maçônica "Mestre Antônio Augusto Alves D´Almeida". 

 

Várias medidas administrativas foram executadas entre elas a quitação do débito referente à empréstimo de construção do Templo, a aprovação do Plano Diretor da Loja Águia de Haia, Aprovação das Normas de Beneficência, Norma de Ajuda Financeira e Alteração no Programa de Docência Maçônica. Reestruturação e modernização no Site da Loja.


13ª DIRETORIA

No décimo dia do mês de Maio de 2010 foram eleitos para administrar a Loja Águia de Haia nº 214 os Irmãos: Carmélio Gontijo para exercer o cargo de Venerável Mestre, 1º Vigilante Raimundo Menezes Sodré e 2º Vigilante Hermann Menezes de Assis. A Comissão Instaladora deu posse á nova Administração no dia 14 de Junho de 2010.

 

A Administração empossada trabalhou com serenidade para resolver os assuntos internos da Loja. Iniciou fortalecendo a união dos Obreiros que optaram estar ombro a ombro na sustentação da Loja e no objetivo proposto pela Diretoria.

 

Destaque também para a escolha feita pela Administração para o preenchimento do Cargo de Tesoureiro e Mestre Banquete.  Através do trabalho executado e dedicação do irmão Mestre Tesoureiro, conseguiu-se a isenção de vários encargos financeiros e a equalização das receitas e despesas da Loja; da mesma maneira com o empenho do irmão Mestre Banquete foram realizadas várias confraternizações visando maior estreitamento fraternal entre os irmãos, cunhadas, sobrinhos e sobrinhas. Também foram feitos reparos no imóvel entre estes a pintura do Átrio e no corredor de acesso a Câmara de Reflexões.

 

Foi criada uma Comissão para elaborar um Planejamento Estratégico da Loja Águia de Haia para implementar o Plano Diretor para os próximos anos.  

Para finalizar os trabalhos desta gestão, após a aprovação de todos os irmãos do Quadro, a Administração deu início a construção da nova Sala da Secretaria/Biblioteca, Sala da Administração e do Salão de Festas da Águia de Haia. Neste empreendimento destacamos a doação e empenho de vários irmãos do Quadro que viabilizaram o andamento das obras e conseqüentemente seu término.

 

Na Sessão Magna de 09/04/2012 comemoramos o Jubileu de Prata, onde contamos com a presença do Sereníssimo Grão Mestre Janir Adir Moreira, autoridades maçônicas e convidados. Foram feitas várias homenagens aos irmãos do Quadro e aos Irmãos que colaboram efetivamente com nossa Loja durante estes 25 anos. No dia 14/04/2012 encerramos as festividades de comemoração do Jubileu de Prata com a presença das cunhadas, sobrinhos, sobrinhas e convidados para a inauguração das novas dependências e do Espaço Cultural Ruy Barbosa.


14ª DIRETORIA

A décima quarta Diretoria foi eleita no décimo quarto dia do mês de Maio de 2012 e empossada no dia 18 de Junho do corrente. Os novos administradores da Loja Águia de Haia nº 214 são os Irmãos: Raimundo Menezes Sodré para exercer o cargo de Venerável Mestre, 1º Vigilante Mauro Cezar Moraes e 2º Vigilante Eudes Otaviano Meira. A Comissão Instaladora deu posse ao novo Venerável Mestre no dia 18 de Junho de 2012. Dentro dos planos da nova administração foi alterado as Normas do Programa de Docência Maçônica e a metodologia, com a orientação do Irmão Nivaldo Toppa, iniciou o “Ciclo de Perguntas e Respostas do 1º e 2º Grau”.

 

Foi criado o Planejamento Estratégico da Loja em substituição ao Plano Diretor da Águia de Haia, com a aprovação dos obreiros do Quadro, entre os vários itens propostos no Planejamento Estratégico foi iniciado o projeto de criação da AHPE, Águia de Haia Participações e Empreendimentos, cuja criação foi aprovada em 08/03/2013. Foi criado o Cargo de Síndico para administrar a conservação do imóvel da Águia de Haia, que iniciou suas atividades com a criação das Normas de uso do Espaço Cultural Ruy Barbosa.



Indique!

Indique este Conteúdo!

 
 

© 2010 - ÁGUIA DE HAIA - Todos os direitos reservados